seguindo por e-mail

Instagram

sábado, 29 de junho de 2013

Rugby: Seleção Feminina encerra primeira fase da Copa do Mundo de Sevens com vitória sobre Fiji

São Paulo (SP) –  Quem ficou acordado na madrugada deste sábado para assistir a participação da Seleção Brasileira feminina de Rugby na primeira fase da Copa do Mundo de Rugby Sevens (RWCS) fez um bom negócio. Isso porque as meninas do Brasil apresentaram um rugby de alto nível, encerrando a primeira fase da competição com uma bela vitória sobre Fiji, nesta manhã, e dois jogos equilibrados diante dos EUA e Espanha.

"Contra os EUA fomos melhores do que eles, mas nem sempre quando você é melhor você vence. A arbitragem prejudicou nossa equipe, ao errar em algumas marcações. Criamos mais, mas pecamos quando tivemos as oportunidades de marcar" analisou o técnico do Brasil, o neozelandês Chris Neill. "Depois na partida com a Espanha acho que as emoções das meninas ficaram muito afloradas, fomos respeitosos demais e deixamos elas jogarem. No jogo final contra Fiji, fomos muito bem. Temos que ficar muito orgulhosos pelo o que jogamos nessa última partida" completou Chris Neill.

Com os resultados, as Tupis se classificaram em terceiro no grupo C, e garantiram vaga nas quartas de final do Bowl (Taça de Bronze) onde enfrentam a quarta colocada do grupo B, a China, às 4h22 (horário de Brasília) deste domingo. A partida é uma reedição da final do Bowl de 2009, na Copa do Mundo de Dubai (Emirados Árabes Unidos). Na oportunidade Brasil e China fizeram um jogo equilibrado, com vitória das orientais por 10 a 7. "A China é uma seleção de muita obediência tática. Na maioria das vezes, sempre acertam os passes. As chinesas são muito técnicas, rápidas e usam bem os passes longos. Na marcação elas cobrem muito bem umas as outras. Se conseguirmos impor um jogo físico, podemos ganhar" disse o técnico do Brasil.

O adversário da estreia foi os EUA, em uma partida muito equilibrada onde a SeleçãoBrasileira sofreu com algumas interpretações da arbitragem e endureceu o jogo para as norte-americanas nos minutos finais do duelo. Após terminar a etapa inicial perdendo por 12 a 0, as meninas do Brasil se recuperaram no segundo tempo, marcando um try com Baby, e concluindo com êxito o chute de conversão em seguida. No fim do jogo as brasileiras fizeram forte pressão nas adversárias, ficando muito próximas da virada. Placar final, 12 a 7 para os EUA.

Mais tarde foi a vez de enfrentar a Espanha. As brasileiras demoraram para entrar na partida, terminando o primeiro tempo em 19 a 5 para as espanholas, com o try brasileiro marcado por Xuxu. Na etapa final, as europeias esfriaram uma possível reação marcando mais um try com conversão. A camisa 9, Luiza, diminuiu para o Brasil, dando números finais à partida, 26 a 10.

Já na manhã deste sábado as Tupis encerraram a primeira fase da Copa do Mundo com chave de ouro ao vencer Fiji, de virada, nos últimos minutos da partida. A seleção da Oceania, que domina a competição masculina de Sevens e está implementando um programa similar para o feminino, saiu na frente com menos de um minuto de jogo. Porém, a resposta não demorou e veio com a capitã Julia, empatando a partida após o chute convertido por Tata. No fim do primeiro tempo Fiji marcou novamente e chegou em 14 a 7.

No segundo tempo a resposta foi rápida. Com menos de um minuto Edninha marcou um try, não convertido, fazendo 14 a 12. O jogo caminhava para o seu final com vitória fijiana, até que Tata marcou o try vencedor para o Brasil, fechando o placar em 17 a 12, em um jogo muito disputado, onde a raça brasileira prevaleceu sobre a tradição e força da atletas da equipe da Oceania, que empatou com a Espanha em um jogo equilibrado em sua partida de estreia. Assim, o Brasil mostra estar no caminho certo, demonstrando que, com o prosseguimento do programa de alto rendimento, estará no top-8 do mundo.

Brasil será sede do Sul-Americano Juvenil - O Brasil está confirmado como sede do Campeonato Sul-Americano Juvenil, o Consur A, da categoria M-19. A competição, que contará com Argentina, Brasil, Chile e Uruguai, será realizada na cidade de São José dos Campos (SP), entre os dias 13 e 22 de setembro.

"Foi muito importante para o Brasil ter se classificado para o Consur A do M-19, porque permitiu que nos tornássemos sede do campeonato e oferecerá aos jogadores uma oportunidade de obterem mais experiência, pois os jogos são muito competitivos. Eles já estão se preparando para a transição entre juvenil e adulto. Com um grande potencial olímpico para 2016, quando terão entre 20, 21 anos" explica Bernardo Duarte, gerente de competições da CBRu.

Sábado (29)
EUA 12 x 7 Brasil
Espanha 26 x 10 Brasil
Brasil 17 x 14 Fiji

Domingo
Brasil x China - 4h22*

*Horários de Brasília

Integram a equipe brasileira em Moscou as seguintes jogadoras:
1. Angélica "Binha" Pereira Gevaerd - SPAC
2. Beatriz "Baby" Futuro Muhlbauer - Niterói
3. Carla "Zazá" Neme Barbosa - São José
4. Edna Santini - São José
5. Julia Albino Sardá - Desterro
6. Juliana "Xoxa" Esteves - Bandeirantes
7. Luiza Gonzalez Campos - Charrua
8. Maria Gabriela "Gabi" Ávila - SPAC
9. Mariana "Mari" Ramalho - SPAC
10. Paula Harumi Ishibashi - SPAC
11. Tais "Tatá" Bernal Balconi - Desterro
12. Thais "Xuxu" Cruz - SPAC

Comissão Técnica:
Treinador: Chris Neill
Preparador Físico: Darryn Collins
Fisioterapeuta: Victor Ramos
Manager: Danielle Abreu

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o patrocínio master do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Heineken e JAC Motors. Conta ainda com Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações e BR Properties como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Travel Ace, Fortify, Probiótica, Deloitte, Cremer e JExperts. Além disso, a entidade possui um convênio com o Ministério do Esporte.

O rugby é o segundo esporte mais praticado no mundo, com 5 milhões de jogadores e está presente em 120 países. No Brasil, são mais de 100 mil seguidores, mais de 200 agremiações esportivas e 10 mil atletas registrados, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a International Rugby Board (Federação Internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.

Mais informações no site www.brasilrugby.com.br

SOBRE O AUTOR

Kestão de Opinião!?!

Blogger

siga-me os bons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kestão de Opinião!?!. Tecnologia do Blogger.

Posts em Destaque

Parcerias

Nosso Banner


Seguidores

Postagens populares

Arquivo do blog

Agregadores e Parceiros

Tecnogospel: Os melhores links evangélicos ClicMais.net Sua Rede de Links Tedioso: Os melhores links

Total de visualizações