seguindo por e-mail

Instagram

domingo, 9 de junho de 2013

Igreja Presbiteriana dos EUA aprova ordenação de gays e a denominação esta se dividindo

A maior denominação evangélica/protestantes dos EUA a Igreja Presbiteriana dos EUA, após mudar estatuto geral da denominação, o qual consente a ordenação de clérigos assumidamente gays, contempla o maior êxodo de congregações de sua história, por conta de não aceitarem a mudança. – Confira e comente…
Mais de cem congregações deixaram a Comunhão Presbiteriana (PCUSA) este ano, o maior êxodo desta que esta
 denominação experimentou em sua história no país.
 A Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana dos EUA (PCUSA) revelou que durante o no ano passado(2012) viu a maior saída de congregações da denominação, com 121 abandonos solicitado. No ano anterior (2011) tinha sido de 21 congregações que deixaram, a grande maioria por discordarem da a aprovação da ordenação de clérigos homossexuais.
Em 2010, a 219ª Assembléia Geral, formada pela maioria dos presbitérios, votaram e aprovaram a Alteração da emenda 10 do estatuto da denominação, permitindo que os clérigos abertamente homossexuais pudessem ser ordenados e em 2011 foi ordenado Scott Anderson primeiro clérigo abertamente gay a pastor da denominação(veja matéria-clique aqui). Devido a essa mudança, muitas congregações conservadoras decidiram deixar a comunhão, com a maior das Igreja presbiterianas nos Estados Unidos e uma das mais antigas denominações protestantes do país.
Emily Enders Odom, coordenador de comunicação da Assembléia, explicou em um comunicado a situação, dizendo que, apesar da dor separação produzida apenas “29 por cento dos 173 presbitérios” opunham-se a norma.
No entanto, um fato esta acontecendo no país e que é de uma grande importância para aqueles que se posicionaram contra a atitude
 tomada pela denominação, é o crescimento repentino das denominações presbiterianas conservadoras nos Estados Unidos, que já criaram uma ordem para acolher as congregações que se opuseram a decisão da Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana dos EUA-(logo).
De acordo com estudioso de religiões Jim Miller, do Instituto de Religião e Democracia, afirma em estudo que as Igrejas Presbiterianas dos EUA (PCUSA-sigla em inglês) as suas congregações estão sofrendo um declínio no número de membros regulares. Ao final de 2012 tinha cerca de 1,84 milhões ante aos 1,95 milhões no final de 2011. Isso representa uma perda de mais de 102 mil membros neste período.

SOBRE O AUTOR

Kestão de Opinião!?!

Blogger

siga-me os bons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kestão de Opinião!?!. Tecnologia do Blogger.

Posts em Destaque

Parcerias

Nosso Banner


Seguidores

Postagens populares

Arquivo do blog

Agregadores e Parceiros

Tecnogospel: Os melhores links evangélicos ClicMais.net Sua Rede de Links Tedioso: Os melhores links

Total de visualizações