seguindo por e-mail

Instagram

quarta-feira, 13 de março de 2013

Aluno mata professora após ter amor rejeitado

O suspeito de esfaquear e matar a professora de português Simone Lima, de 27 anos, na última segunda-feira à noite, em Itirapina, foi preso nesta terça-feira de madrugada. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de crime passional, já que ele seria apaixonado pela docente, segundo informações de testemunhas ouvidas.

O crime aconteceu dentro da Escola Estadual Professor Joaquim de Toledo Camargo. Ainda segundo as testemunhas, o suspeito, um aluno de 33 anos que não teve o nome divulgado, entrou na sala dos professores, empurrou um deles e atacou Simone, que não teve tempo de reagir. A vítima chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência), mas entrou no hospital sem vida.

O corpo de Simone está sendo velado no Velório Municipal de Itirapina e o horário do enterro ainda não tinha sido divulgado ontem à noite, até o fechamento desta edição.

O estudante, matriculado no EJA (Educação de Jovens e Adultos), foi encontrado pela Polícia Militar às 3h, ontem. Ele estava escondido em um canavial próximo a um resort na zona rural de Itirapina. Com o suspeito os policiais encontraram a faca usada no crime.

Em depoimento, ele disse que cometeu o crime porque estava com raiva de Simone. Segundo o delegado José Francisco Minelli, o estudante seria apaixonado pela professora, mas não era correspondido.

Ele foi encaminhado para a Cadeia de Rio Claro e deve ser transferido para a Penitenciária de Itirapina.

Uma boa professora/ Segundo alunos de Simone, ela dava aulas como professora substituta na escola havia cerca de três anos. Luciana Acorsi, do 3° ano do ensino médio, lembrou que a docente era muito querida. “Simpática, ela explicava a matéria muito bem. Não tinha problema, sempre ajudava, muito amiga. Parecia que ela era parente de todo mundo. A escola perdeu uma grande professora, uma pessoa que nos ajudava bastante, com muita atenção”, lamentou a jovem, emocionada.

A estudante Adrieli Azevedo, também do 3° ano, afirmou que a escola está chocada com o crime. “Esperamos justiça. A pessoa que fez isso não pode ficar na rua.” As aulas foram suspensas por dois dias e só devem ser retomadas amanhã. A Secretaria Estadual de Educação divulgou uma nota ontem na qual lamenta a morte da professora em Itirapina.

“As imagens gravadas pelo sistema de videomonitoramento da escola já foram entregues à polícia para auxiliar na investigação do caso”, diz a pasta.

by: Diário de São Paulo

SOBRE O AUTOR

Kestão de Opinião!?!

Blogger

siga-me os bons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kestão de Opinião!?!. Tecnologia do Blogger.

Posts em Destaque

Parcerias

Nosso Banner


Seguidores

Postagens populares

Arquivo do blog

Agregadores e Parceiros

Tecnogospel: Os melhores links evangélicos ClicMais.net Sua Rede de Links Tedioso: Os melhores links

Total de visualizações