seguindo por e-mail

Instagram

segunda-feira, 22 de julho de 2013

‘Tivemos travesti que hoje é casado e tem filhos’, diz diretor de ONG

Com a promessa de “tratar a homossexualidade” e o vício em álcool e drogas, ao longo dos dez anos de sua fundação, completados em junho, a ONG cristã Ele Clama, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, informa ter atendido mais de 4.000 homens, a maioria moradores de rua idosos e jovens viciados em crack e cocaína. Na última semana, O GLOBO visitou a comunidade e constatou as ofertas, que incluem a “cura” para gays.

Responsável pela coordenação geral da entidade, Gilberto Santos afirmou que até um travesti mudou de vida após uma temporada no local:

— Nós tratamos de tudo, do viciado em droga até aqueles quem têm desvio de comportamento e de caráter. Tivemos aqui um caso de um travesti que tinha até peito de silicone. Hoje essa pessoa está casada e tem filhos.

Atualmente, disse Santos, só um interno demonstra “trejeitos” de gay:

— A questão da homossexualidade a gente vai percebendo no dia a dia. Tem um aluno que notamos algo de estranho. Ele acabou abrindo o jogo. Disse que já teve relacionamento com outro homem, mas que sofria muito com isso. Percebemos que ele frequentava a academia só para ficar vendo os outros alunos. A gente chegou perto e deu uns toques para ele evitar o desejo carnal.

Sem contar com profissionais para acompanhamento médico e psicológico, a comunidade faz os tratamentos com base em fé, obediência e respeito aos fundamentos do cristianismo.

— O evangelho pode mudar a vida de qualquer pessoa — disse o coordenador da ONG, que já tem filial em Maués, no Amazonas, e Angra dos Reis, no Rio.

Só uma técnica de enfermagem voluntária auxilia nos trabalhos. De acordo com Santos, a entidade mantinha um convênio com a prefeitura de Contagem, que não foi prorrogado no fim de 2012. A fonte de renda vem supostamente de doações e do comércio dos produtos fabricados no local. A entidade conta com 31 internos.

Em Minas, são três unidades Ele Clama: um sítio para acolhimento na Serra da Moeda, em Nova Lima, e duas chácaras em Contagem, que contam com fábricas de vassouras, marcenaria, padaria e uma confecção onde os abrigados podem trabalhar. Fundador da entidade, o ex-jogador de basquete Carlos Eduardo Braga, o Kaká, que já foi campeão carioca juvenil pelo Tijuca Tênis Clube, foi procurado por telefone e por meio de sua assessoria de marketing, mas não retornou aos pedidos de entrevista. Por e-mail, uma assessora disse que ele está na comunidade de Maués, onde a “comunicação é precária”.

Em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana de Recife, a Instituição Social Manassés abriga 40 internos com dependência química. Segundo o Conselho Federal de Psicologia, lá “os homossexuais são evitados, mas, quando aceitos, recebem trabalho para alterar a orientação sexual”. O coordenador da Manassés, Herman Benfica, disse que respeita opções sexuais, mas que, em princípio, rejeita pacientes gays.

— A gente não pode mudar o sexo de ninguém. Se ele quer ser gay, tenho que respeitar a opção dele. Mas, aqui, ele vai ouvir a pregação da Bíblia. Se vai se sentir incomodado, o problema é dele — disse Benfica, aluno de Psicologia na Faculdade Guararapes. — Já passaram milhares de pacientes por aqui. Mas preferimos rejeitar os homossexuais. Temos 40 homens que estão tentando se curar do vício. Eles participam de atividades de manutenção da casa, de lazer e de três cultos por dia. Se colocarmos um homossexual, desestrutura tudo. Não permitimos essas práticas na clínica, que é evangélica. Agora, se algum paciente homossexual aceitar as normas da casa, poderemos recebê-lo. Se vai se libertar da homossexualidade vai depender dele.

by: O Globo



SOBRE O AUTOR

Kestão de Opinião!?!

Blogger

siga-me os bons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kestão de Opinião!?!. Tecnologia do Blogger.

Posts em Destaque

Parcerias

Nosso Banner


Seguidores

Postagens populares

Arquivo do blog

Agregadores e Parceiros

Tecnogospel: Os melhores links evangélicos ClicMais.net Sua Rede de Links Tedioso: Os melhores links

Total de visualizações