seguindo por e-mail

Instagram

terça-feira, 15 de maio de 2012

Silêncio de Cachoeira não atrapalha CPI, diz presidente

O depoimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) marcado para esta terça-feira é dos mais aguardados entre os parlamentares na tentativa de esclarecer a rede de contatos do contraventor. No entanto, por conta de manobras de seus advogados, Cachoeira pode não comparecer ao depoimento - caso o Supremo Tribunal Federal (STF) não conceda acesso aos documentos à defesa do acusado. Há, ainda, o risco de Cachoeira permanecer em silêncio durante todo o interrogatório.



Mas, segundo o presidente da CPI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), a ausência ou o silêncio do bicheiro na comissão não devem atrapalhar o andamento dos trabalhos. "Deve alterar o cronograma se ele não depuser, mas o plano de trabalho deverá sofrer os ajustes necessários. 


Não altera negativamente. O relator está com um norte muito bem posicionado depois dos depoimentos dos delegados e o depoimento do acusado é importante, mas certamente o relator já tem os planos alternativos para o caso de ele exercer suas garantias de ficar calado ou de o Supremo decidir liberando da sua presença aqui", disse o senador.




Caso Cachoeira não compareça ao depoimento por decisão da Suprema Corte, Vital planeja antecipar a reunião administrativa marcada para a próxima quinta-feira, onde os parlamentares devem votar requerimentos - incluindo a quebra do sigilo telefônico da subprocuradora geral da República, Cláudia Sampaio, também mulher do procurador geral da República, Roberto Gurgel. Cláudia é acusada de omissão ao receber o inquérito da Polícia Federal sobre a operação Vegas, em 2009.




O líder do governo no Senado, Valter Pinheiro (PT-BA), disse que a comissão poderá decidir por não convocar o procurador geral nem governadores citados nas gravações telefônicas feitas pela Polícia Federal.



"Vamos trabalhar com o cruzamento de dados. Não é problema de mandar explicações por escrito ou vir, estamos aguardando o cruzamento de informações e, a partir disso, pode ser até que não precise vir procurador nem governador. Podemos encaminhar as informações diretamente para instâncias que os julgam para que possam se posicionar a partir dos elementos que temos", afirmou.

by: Terra

SOBRE O AUTOR

Kestão de Opinião!?!

Blogger

siga-me os bons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Kestão de Opinião!?!. Tecnologia do Blogger.

Posts em Destaque

Parcerias

Nosso Banner


Seguidores

Postagens populares

Arquivo do blog

Agregadores e Parceiros

Tecnogospel: Os melhores links evangélicos ClicMais.net Sua Rede de Links Tedioso: Os melhores links

Total de visualizações